Cárceres “ameaça” cessar contratos de arrendamento com empresas

by -165 views
Manuel Cárceres

DÍLI (Timor Post) – O Ministro da Justiça, Manuel Cárceres, “ameaçou” cessar os contratos de arrendamentos com as empresas que teimam em não saldar as suas dívidas, o que causa prejuízos ao Estado.

“As receitas da Secretaria de Estado de Terras e Propriedades registam atualmente uma quebra devido às dívidas contraídas por grandes empresas”, afirmou Cárceres ao Timor Post.

Segundo o governante, a falta de pagamento por parte das empresas faz com que o país registe um prejuízo de vários milhões de dólares americanos.

“Já falei sobre o caso com o Primeiro-Ministro, Taur Matan Ruak, e pediu-me que fosse convocado uma reunião com todos os empresários que continuam por saldar as suas dívidas no que toca aos arrendamentos. Vou-lhes pedir que sejam responsáveis e conscientes do enorme prejuízo causado ao Estado. Lembro que todos os patrimónios arrendados pertencem ao Estado. Por isso, são obrigados a pagá-los. Caso contrário, não haverá mais contratos para ninguém”, disse.

Questionado sobre os nomes das empresas, Cárceres preferiu não responder.

“Não posso agora mencionar os nomes das ditas empresas. Contudo, quando o encontro tiver lugar, sabê-los-ão.”, concluiu. (jry)

No More Posts Available.

No more pages to load.