BNCTL disponível para apoiar setor privado no investimento turístico

by -62 views

DÍLI – O Presidente do Banco Nacional de Comércio de Timor-Leste (BNCTL), Virgílio de Sousa, disse que esta instituição bancária está disponível para apoiar as empresas que pretendem investir no setor do turismo no país, dado que, como instituição pública, deve apoiar os programas governamentais.

“Estamos prontos a apoiar o setor privado que queira investir na área do turismo. Por exemplo, ao empregar pessoas na construção de unidades de hotelaria já contribui para o desenvolvimento do país”, afirmou aos jornalistas, na terça-feira (13/03), nos Centro de Convenções de Díli.

Para Virgílio de Sousa, o setor turístico constitui-se como “chave importante” para obter receitas para os cofres do Estado, referindo ainda que a instituição financeira aguarda as propostas de empresas privadas que pretendam investir em solo timorense.

Também Rogério Moniz disse que, enquanto empresário timorense mostrará disponibilidade para investir na área do turismo, visto que Timor-Leste tem potencial e atrações turísticas que se encontram abandonadas.

“Estamos prontos a investir nesta área, mas o importante é que o banco nos possa conceder empréstimos”, referiu.

O economista Manuel Vong disse ainda que o Governo deve cooperar com as instituições bancárias, concedendo empréstimos às empresas privadas.

O Vice-Presidente da Câmara de Comércio e Indústria de Timor-Leste (CCI-TL), João Alves, tinha também dito antes que, embora a CCI-TL tenha já celebrado um acordo com as instituições financeiras, ainda não conseguiu resolver o problema da concessão de crédito.

“Já falámos com as instituições bancárias. Disseram que não podíamos conceder empréstimos por considerarem que é um grande risco, porque o banco precisa de um certificado do terreno que possa servir de garantia. Em Timor-Leste, a questão dos terrenos ainda é um problema”, referiu.

João Alves salientou igualmente que, caso as empresas privadas tenham uma garantia, já podem ter acesso a crédito para investirem, reduzindo, desta forma, as importações.

O Vice-Presidente acrescentou que as instituições bancárias e o Governo efetuarão um estudo de viabilidade relativo às atrações turísticas para que as empresas possam investir no turismo. (jxy)

No More Posts Available.

No more pages to load.