Austrália oferecerá bolsas de estudo a alunos timorenses do secundário

by -47 views

Díli- O Cônsul-Geral timorense na Austrália, Luciano Valentim da Conceição, revelou que o Governo da Austrália pretende oferecer bolsas de estudo a estudantes timorenses para o ensino secundário.

O diplomata avançou que as bolsas de estudo contemplam 200 alunos de países do Pacífico.

“O Governo da Austrália tem como plano para 2020 oferecer bolsas de estudo a estudantes do nível secundário. Abrangerão um total de 200 alunos”, afirmou.

“Os dirigentes políticos australianos convidaram-me a participar num encontro. Pedi às autoridades competentes da Austrália que abrangessem Timor-Leste na atribuição destas bolsas de estudo”, acrescentou.

Segundo Luciano Valentim da Conceição, aguarda-se agora a nomeação do novo embaixador timorense na Austrália para que a atribuição de bolsas de estudo possa vir a acontecer.

 “No próximo mês, o nosso novo embaixador para a Austrália estará em Camberra. Coordenar-nos-emos para enviar os estudantes do ensino secundário para a Austrália”, disse.

De acordo com o cônsul, o Governo australiano tem também estado a construir escolas do ensino básico e secundário em Timor-Leste.

Luciano da Conceição recordou ainda o apoio da Austrália na área do emprego através do Pacific Labour Scheme (Regime de Trabalho do Pacífico, em português), um programa que abrange também trabalhadores timorenses.

“O Pacific Scheme  permite ajudar as pessoas dos países do Pacífico, incluindo Timor-Leste, através da Secretaria de Estado Formação Profissional e Emprego”, concluiu.

Recorde-se que o Regime de Trabalho do Pacífico teve início a 1 de julho de 2018, envolvendo países como as Fiji, Kiribati, Nauru, Papua Nova Guiné, Samoa, Ilhas Salomão, Timor-Leste, Tonga, Tuvalu e Vanuatu.

O programa oferece oportunidades de emprego a trabalhadores do Pacífico com poucas qualificações nas zonas rurais e regionais da Austrália por um período de três anos. (res)