Assanami apoia com equipamentos Movimento Tasi Moos no combate a Covid-19

by -65 views

DÍLI- O deputado Mariano Assanami Sabino apoiou com equipamentos uma equipa de voluntários do Movimento Tasi Moos no combate ao coronavírus.

“Entreguei vários equipamentos definidos pelo grupo, como luvas, máscaras, vestuário de proteção e desinfetantes”, afirmou Assanami, esta sexta-feira (03/04), em Comoro.

O deputado pediu a toda população que apoiasse este grupo no combate ao coronavírus.

“A atividade ainda continua. Nós, que estamos no Parlamento Nacional, já falámos sobre esta ação voluntária. É preciso que todas as pessoas continuem a apoiar. Apoio individualmente o grupo”, disse.

Mariano Assanami Sabino recordou algumas iniciativas do movimento, nomeadamente a desinfeção de veículos.

“Trata-se de uma ação voluntária. Estas pessoas tiraram Medicina e muitos são técnicos e já trabalharam, durante 15 dias, desinfetando os transportes públicos e privados”, lembrou.

O deputado referiu ainda a necessidade de se combater a propagação do coronavírus através de ações de solidariedade por parte dos jovens timorenses.

“A comunidade apoia muito estas ações e, como tal, devemos orgulhar-nos com o facto de estes jovens, novas gerações, terem boas ideias para a prevenção do coronavírus”, acrescentou.

Mariano Assanami Sabino lembrou, por fim, que o Parlamento Nacional aprovou também orçamento para a aquisição de equipamentos e medicamentos.

Também o Comandante do Centro Formação da Polícia Nacional de Timor-Leste (PNTL), o Superintendente Chefe Arquimino Ramos, elogiou as ações de voluntariado do Movimento Tasi Moos.

“Quando recebemos o contacto do grupo Movimento Tasi Moos, sentimo-nos muito satisfeitos por apoiarem na prevenção do vírus, desinfetando as nossas instalações. É um grupo de voluntários empenhados em apoiar o país. Este movimento lembra que outros timorenses podem ajudar os nossos cidadãos, não apenas nos bons momentos como nos maus”, disse.

Arquimino Ramos lembrou também o apoio da PNTL a este grupo no combate ao Covid-19.

“Além da segurança, apoiamos estas equipas, pondo ordem nos transportes públicos e privados, para que se evitem acidentes. Efetuamos também a sensibilização sobre a prevenção do COVID-19. Não podemos esperar por mortes para depois tomarmos medidas”, concluiu. (isa)

No More Posts Available.

No more pages to load.