Arcebispo pede a líderes políticos que “honrem Constituição”

by -33 views

Díli- O Arcebispo Metropolitano de Díli, Dom Virgílio do Carmo da Silva, fez um apelo a todos os líderes que honrassem a Constituição de Timor-Leste.

Segundo Dom Virgílio, a tensão política que o país vive não se deve apenas ao Parlamento Nacional mas também às redes sociais, onde têm surgido várias “palavras de ameaças, criando tensão entre o povo”.

“Os nossos líderes políticos e governantes deviam garantir a unidade e estabilidade do país, em vez de alimentarem atritos que só vêm originar mais tensão entre o povo,”, afirmou em declarações aos jornalistas, no domingo (17/05), na Catedral de Díli.

Dom Virgílio insistiu, por isso, na necessidade de todos os responsáveis “respeitarem e honrarem a Constituição”, colocando de parte os interesses pessoais.

“Estamos num país democrático, logo deve-se respeitar a Constituição. Ninguém está acima da lei”, sublinhou.

Segundo o arcebispo, o impasse político que o país atravessa poderá originar ainda mais desavenças entre os políticos e “a opinião válida não é de A ou B, mas antes da Constituição”.

“Quando seguimos de forma criteriosa a lei, não há lugar a críticas nem atos discriminatórios. A nova nação nasceu há apenas 20 anos. O país já demonstrou saber como agir perante uma crise. Devem, por isso, honrar os seus compromissos para com o nosso povo”, afirmou.

De acordo com Dom Virgílio, também a nova geração tem de procurar o caminho certo, “o caminho da unidade e da responsabilidade perante os desafios que o país tem pela frente”. (ono)