Apoio de 60% aos salários basear-se-á em número de trabalhadores das empresas

by -67 views

Díli- O apoio do Governo de 60% dos salários do privado terá como base o número de trabalhadores das empresas, revelou o Ministro Coordenador dos Assuntos Económicos (MCAE) em exercício, Fidélis Magalhães.

“Não teremos em conta as empresas, mas contámos [o número] de trabalhadores”, avançou Fidélis, em declarações aos jornalistas, nesta terça-feira (02/06), no Palácio do Governo.

O ministro adiantou ainda que, de acordo com um estudo prévio do Governo, o apoio monetário será concedido a cerca de 30 mil empregados do setor privado. Referiu, no entanto, que o número poderá vir a aumentar, uma vez que serão também incluídas as pessoas que trabalham por conta própria.

Questionado sobre os dados exatos dos beneficiários deste apoio, o ministro disse que cabe ao Instituto Nacional da Segurança Social os revelar e explicar com mais detalhe todos os mecanismos.

Fidélis afirmou, de igual modo, que o Governo está a envidar esforços para receber apoio do Parlamento Nacional e conseguir financiamento para todas as medidas do plano socioeconómico, que permite responder aos efeitos negativos causados pelo novo coronavírus na economia nacional.

De acordo com o governante, o Ministério da Solidariedade Social e Inclusão fixará em breve uma data para a atribuição dos subsídios. (kyt)

No More Posts Available.

No more pages to load.