AMVTL quer reforçar competências dos médicos veterinários

by -45 views

Díli – O Presidente da Associação dos Médicos Veterinários de Timor-Leste (AMVTL), Antonino do Carmo, disse que pretende reforçar as competências dos profissionais de saúde animal no sentido de aproximar a medicina veterinária da população.

“Queremos também melhorar os conhecimentos dos estudantes do Departamento de Saúde Animal da Universidade Nacional Timor Lorosa’e (UNTL) sobre a questão veterinária, uma vez que a maioria destes ainda não tem conhecimentos adequados no âmbito da sua profissão”, disse aos jornalistas, após a cerimónia da sua tomada de posse como novo Presidente da AMVTL, esta segunda-feira (22/02), no hotel Luz Clarita.

O dirigente afirmou, como tal, que será necessária uma cooperação das entidades relevantes, quer internacionais quer locais, para levarem a cabo a revisão do currículo deste departamento e ações de formação destinadas aos médicos veterinários.

“Prevemos ainda que sejam dinamizadas várias ações de divulgação junto da comunidade sobre o papel dos médicos veterinários, aproximando, como tal, esta vertente do povo, segundo a missão do Ministério da Agricultura e Pescas”, sublinhou.

De acordo com o responsável, existem atualmente apenas 16 profissionais da área em Timor-Leste.

“No entanto, temos já muitos jovens interessados nesta profissão, ingressando no Departamento de Saúde Animal”, afirmou.

O presidente sublinhou, por isso, a importância da participação de todas as entidades por considerar que é da competência de todos desenvolver o setor, principalmente do MAP e da UNTL.

Também o Diretor do Departamento de Saúde Animal da UNTL, Rui Daniel de Carvalho, disse que o currículo do curso está a ser a ajustado a fim de poder responder à realidade timorense.

“Preparamos os recursos humanos, mas temos de os preparar com base nas necessidades da nossa população, pelo que temos ainda de ouvir todas as partes, sobretudo os agricultores”, afirmou. (res)

No More Posts Available.

No more pages to load.