AEC-TL apoia com 20 mil dólares HNGV no combate à covid-19

by -33 views

Díli – A Associação Comercial da Comunidade Chinesa em Timor-Leste (AEC-TL, em inglês) concedeu um apoio financeiro no valor de 20 mil dólares americanos ao Hospital Nacional Guido Valadares (HNGV) para ajudar os profissionais de saúde que se encontram atualmente na linha da frente no combate ao novo coronavírus.

O Conselheiro do Gabinete Comercial e Económico da Embaixada da República Popular da China, Geng XieWei, disse que, após o estado de emergência ter sido decretado pelo Presidente da República, Francisco Guterres ‘Lú Olo’ a 28 de março, o Ministério da Saúde tem envidado todos os esforços para travar o contágio da covid-19.

“Espero que todos os médicos se protejam para que possam tratar dos pacientes. Esperamos que a doação possa ajudar o Hospital Nacional Guido Valadares na luta contra a covid-19. Acredito que Timor-Leste consiga travar o vírus”, disse o conselheiro aos jornalistas, na sexta-feira (24/04), no HNGV.

“Desejo boa saúde a todos os profissionais de saúde do HNGV e gostaria que Timor-Leste vencessem esta luta contra a covid-19”, acrescentou.

Segundo o responsável, nove empresas ligadas a esta associação tornaram possível este apoio ao HNGV, que “serve para expressar a bondade do povo chinês ao timorense e mostrar a sua vontade de apoiar o país na luta contra a covid-19”.

Geng XieWei lembrou ainda que o Embaixador da China em Timor-Leste apoiou também com diversos equipamentos, nomeadamente com aparelhos de medição corporal e máscaras, e que o Governo chinês mantém a solidariedade para com o seu homólogo timorense.

Também o Diretor Clínico do HNGV, Flávio Brandão, agradeceu, em nome da estrutura da unidade hospitalar, à AEC-TL e à Brigada Médica Chinesa.

“Esta é também uma iniciativa da Brigada Médica Chinesa que se encontra atualmente a trabalhar no HNGV. A brigada sabe o que carece de ajuda, pois vive e trabalha nas unidades de saúde”, explicou.

Segundo o responsável, estas verbas permitem apoiar, principalmente, os profissionais de saúde que lidam diretamente com os infetados com o novo coronavírus no isolamento de Centro de Saúde de Vera Cruz.

“Esta verba foca-se nos profissionais de saúde que se encontram a trabalhar no Centro de Saúde de Vera Cruz, olhando para questões como a sua alimentação, formação adequada e própria saúde, quando deixarem de tratar os pacientes infetados com covid-19 e ficarem em quarentena. É uma atenção fundamental. Não é uma brincadeira. Os profissionais de saúde devem estar também saudáveis antes de cuidarem dos seus doentes”, sublinhou.

Flávio Brandão revelou igualmente que a Brigada Médica dinamizará formações no HNGV, nomeadamente sobre o uso de ventiladores. (jxy)

No More Posts Available.

No more pages to load.