Adérito Hugo acusa Governo de “incapacidade” na execução do OGE 2021

by -161 views
Deputado do Congresso Nacional da Reconstrução de Timor (CNRT) Adérito Hugo

Díli (Timor Post) – O deputado do Congresso Nacional da Reconstrução de Timor (CNRT) Adérito Hugo acusa o Governo de “incapacidade” na concretização do Orçamento Geral do Estado (OGE) de 2021 e de inconsistência quanto às políticas adotadas  no país.

“Lamento esta situação. O Governo mostrou ser inconsistente no desenho da política ligada aos orçamentos estatais, além de não ter capacidade para exercer as funções executivas, principalmente na materialização do OGE de 2021”, referiu Adérito Hugo aos jornalistas, esta terça-feira (14/12), no Parlamento Nacional.

As críticas, segundo o parlamentar, devem-se à execução do OGE de 2021 que até à data atingiu somente os 52%.

“Propuseram um valor avultado para o ano fiscal de 2021, mas, até ao momento, foram só executados 52%. Então, o ideal, agora, é que o Governo apresente 1,3 mil milhões de dólares americanos para o próximo ano. Um valor inferior ao deste ano”, disse.

A proposta orçamental para 2022, segundo Adérito Hugo, visa não pôr em perigo o Fundo Petrolífero.

“O teto orçamental para 2022 é superior a 1,6 mil milhões de dólares americanos. É possível que os deputados subam a fasquia até aos dois mil milhões de dólares, contrastando com a realidade, pois o Governo foi incapaz  de executar o deste ano. O melhor é, pois, evitarmos este cenário para não pormos em risco o Fundo Petrolífero”, afirmou. (kyt)

No More Posts Available.

No more pages to load.