Académicos pedem a novo Governo que substitua os indigitados sem posse

by -31 views

DÍLI- Os académicos pediram, na segunda-feira (24/02), ao IX Governo, liderado por uma coligação de Kay Rala Xanana, que substitua os anteriores indigitados sem posse.

Segundo o Reitor do Instituto de Negócios (IOB, em inglês), Augusto Soares, esta não se trata de uma crise política, mas de liderança e, por isso, apelou ao novo Governo que substitua estes elementos.

“A meu ver, em Timor-Leste não há uma crise política, mas de liderança, porque não quiseram dar a outros partidos políticos a oportunidade de assumir estas pastas. Temos muitos intelectuais e, como tal, deveriam entregar [as pastas] aos intelectuais que adquiriram conhecimentos e se especializaram em áreas essenciais”, sublinhou.

O reitor apelou também ao novo Governo que dialogasse com o Chefe de Estado para resolver esta questão.

“Acho que antes de chegar ali [à governação], a coligação poderá efetuar um diálogo com o Presidente da República para solucionar a questão. Talvez os membros da coligação possam ter um encontro o Chefe de Estado”, afirmou.

Também Júlio Aparício, académico da Universidade Nacional Timor Lorosa’e (UNTL), considera que o Chefe de Estado manterá os seus princípios, se o novo Governo insistir nos nomes anteriores.

“Para mim, o Presidente da República manterá a sua posição, porque este foi o início do impasse político”, afirmou

Júlio Aparício pediu igualmente a Kay Rala Xanana Gusmão e a ‘Lú Olo’ que justificassem as razões pelas quais se deve ou não empossar estes nove elementos.

“Kay Rala Xanana Gusmão, o líder máximo da nova coligação, não deveria enviar os nomes anteriormente indigitados, porque esta é uma nova coligação”, insistiu.

O académico defendeu ainda que há muitos timorenses com capacidade de liderança, tanto na coligação como no CNRT, assim como independentes.

“Acredito que o CNRT tem muitas pessoas com conhecimento. Mas, caso não tenha, poderá buscar as independentes com capacidade”, afirmou. (isa)

No More Posts Available.

No more pages to load.