Académico da UNDIL: Governo precisa de mostrar resultados do programa de desenvolvimento do país

by -9 views

DÍLI –O atual Governo liderado pelo Primeiro-Ministro (PM), Taur Matan Ruak, necessita de mostrar os resultados relativos ao programa de desenvolvimento do país, defende o académico da Universidade de Díli (UNDIL), Filipe da Silva, ao Timor Post, no passado domingo (07/03), no seu local de trabalho.

“Ainda não vislumbrámos qualquer resultado significativo do desenvolvimento físico do país”, disse Filipe da Silva.

Segundo o docente, o programa do Governo aprovado no Parlamento Nacional tem de ser implementado no imediato para ganhar a confiança da população em geral.

“Para avançar com o programa de desenvolvimento é preciso que haja Orçamento Geral de Estado (OGE). Caso não haja orçamento, então o país ficará paralizado. Acredito, contudo, que o Governo venha a tomar algumas medidas em concreto para fazer face às dificuldades devido à crise sanitária”, afirmou.

O académico lembrou ainda que o Executivo implementou, até agora, apenas o programa de emergência, no qual se inclui a ajuda humanitária à população em todo o território, por meio da atribuição de subsídios e da cesta básica.

Filipe da Silva insistiu ainda que o Governo deverá implementar o programa de desenvolvimento nacional, na medida em que a verba depositada no Banco Central de Timor-Leste (BCTL) é suficiente para cobrir todas as despesas do Estado.

“O resultado do programa de desenvolvimento servirá para medir o próximo ato eleitoral e ver até que ponto o povo mantém a sua confiança no atual Governo”, afirmou.

O Académico acrescentou, por último, que o Executivo precisa de efetuar um estudo para justificar o progresso de desenvolvimento do país, mas cabe ao povo avaliar a sua atuação, sublinhando ainda que os líderes devem garantir a estabilidade e funcionamento da máquina do Estado para assegurar o bem-estar da população timorense. (kyt)