400 empresas com problemas de pagamento de salários

by -55 views

DÍLI- A Direção de Inspeção Geral do Trabalho (IGT) da Secretaria de Estado da Formação Profissional e Emprego (SEFOPE) recolheu dados de mais de 800 empresas, sendo que mais de 400 enfrentam problemas no que diz respeito ao pagamento dos salários aos seus trabalhadores.

“Identificámos mais de 400 empresas que estão em situação muito difícil, não garantindo o pagamento dos salários aos trabalhadores”, disse o inspetor da IGT, Rufino Lopes dos Reis, aos jornalistas, esta segunda-feira (05/10), no Parlamento Nacional.

“Neste momento, a IGT já efetuou a visita a mais de 800 empresas, tendo sido identificadas inúmeras infrações no que toca aos direitos dos trabalhadores, principalmente aos salários. Este cenário pode levar as empresas a fechar portas”, acrescentou.

Segundo o inspetor, as empresas East Timor Trading, Burger King e Slobbering vão ter de despedir funcionários, caso o estado de emergência se mantenha. O supermercado Kmanek foi também obrigado a avançar com o despedimento de 300 trabalhadores, contando atualmente com apenas oito colaboradores, pelo que deverá encerrar em breve.

Rufino Lopes salientou ainda que, durante a inspeção levada a cabo, foi possível detetar diversas infrações, entre as quais se destaca a falta do visto de autorização de trabalho e de medidas de segurança e higiene no trabalho. (jho)

No More Posts Available.

No more pages to load.